Seu Navegador não tem suporte a esse JavaScript!
Data: 05/03/2018 Hora: 10:08:00
Prefeito Luiz Cavani participa de missa solene em homenagem aos 50 anos da Diocese de Itapeva.

Acompanhado da primeira-dama Sonia Cavani, o prefeito Luiz Cavani, participou da missa solene em homenagem aos 50 anos da Diocese de Itapeva no último domingo, dia 4 de março.

Além do bispo Dom Arnaldo Carvalheiro Neto, também estiveram presentes Dom Fernando Legal, Dom José Moreira de Melo, Dom Vicente Costa e Dom Gorgônio Alves da Encarnação Neto.

Dom Fernando Legal foi o terceiro bispo de Itapeva, enquanto Dom José Moreira de Melo o quinto bispo do município. Já Dom Vicente Costa é bispo de Jundiaí e Dom Gorgônio Alves da Encarnação Neto é de Itapetininga.

Durante a missa, Dom Arnaldo Carvalheiro Neto homenageou os bispos Dom Fernando Legal e Dom José Moreira de Melo, entregando aos religiosos, uma placa de prata. 

Em seu discurso, o prefeito Luiz Cavani se emocionou ao lembrar que o primeiro bispo de Itapeva, Dom Silvio Maria Dario era amigo de seu pai Antonio Cavani, que na época era o chefe do Poder Executivo. "E como falar em nossa Diocese e não falar de Dom Silvio Maria Dário, nosso primeiro bispo. Acompanhei de perto a amizade fraternal entre ele e meu pai.  Toninho Cavani era prefeito quando ele chegou, deixou a Prefeitura em 1969 e continuaram grandes amigos. Meu pai retornou à Prefeitura em 1974 e quis o destino que ele estivesse junto do Dom Silvio em seus últimos momentos", explica.

Ele conta que seu pai foi um dos grandes colaboradores para que o município se tornasse sede da Diocese de Itapeva. Junto com o Monsenhor Benjamim de Sousa, Antonio Cavani percorreu as cidades da região, destacando a importância e a necessidade da instalação da Diocese no município.

Disse também que era uma grande honra poder participar dos 50 anos da Diocese de Itapeva, parabenizando os bispos que marcaram sua trajetória religiosa no município. "A Diocese de Itapeva tem grande importância, principalmente por carregar em sua história de 50 anos, o mérito de conduzir nosso povo, de conduzir as famílias, de fazer parte da construção da história de nossa cidade e ser importante na educação, cultura e na história de vida de muitos de nós", destacou.

Ao final da missa, houve uma procissão com a participação de todos os bispos, padres e comunidade católica da cidade.

 

 

Enviar esta notícia para um amigo

Reportar erro

Data: 05-03-2018 10:08:00