Notícias

Governo de Itapeva instala botoeiras sonoras para deficientes visuais

O Governo de Itapeva trouxe mais uma novidade para oferecer mais acessibilidade aos deficientes visuais. A partir de agora, nos semáforos da Praça Anchieta e do Poupatempo existem as chamadas botoeiras sonoras, que informam por meio de áudio o tempo em que é permitido aos pedestres atravessar.

Os equipamentos são modernos e literalmente conversam com o transeunte. Ao acionar a botoeira, ela informa ao pedestre que a travessia foi solicitada e aciona um toque repetitivo. Quando a passagem é liberada o semáforo sonoro avisa que a travessia está livre e quando o tempo de travessia está terminando ele intensifica o toque para que o transeunte saiba que o tempo de travessia está chegando ao fim.

A verba para a instalação dos semáforos sonoros faz parte do convênio, de quase R$ 800 mil, dirigido às ações de acessibilidade no município. Esse recurso também está sendo usado na construção do calçadão do Ambulatório Médico de Especialidades (AME), lombo faixas em vários pontos, entre outras obras.

Na tarde desta sexta-feira, os membros da Associação Luz da Visão fizeram o teste e aprovaram a novidade. Em reunião com o prefeito Luiz Cavani, a assistente social Sueli Moreira destacou a importância dessa ação para promover a autonomia e independência dos deficientes visuais no município.

Para o prefeito Luiz Cavani, a instalação de semáforos sonoros para deficientes visuais é uma forma de valorizar a população com deficiência e garantir mais acessibilidade no município. “Itapeva, por suas condições geográficas e pela própria história, não se planejou adequadamente para oferecer acessibilidade. Porém, estamos fazendo o melhor, dentro das condições que temos, para oferecer a independência que os deficientes merecem”, diz.